Skip to content

Óleo de Melaleuca - para que serve

Óleo de Melaleuca: para que serve, como usar, seus benefícios e efeitos colaterais.

Os benefícios do óleo de melaleuca são muitos, tendo grande importância para a medicina pelos seus efeitos comprovados de ação bactericida e antifúngica e propriedades antissépticas, parasiticidas, germicidas e anti-inflamatórias. Os benefícios do óleo de melaleuca têm sido observados quando aplicado sobre a pele,  sendo uma excelente opção natural para desinfetar feridas, melhorar a acne ou tratar fungos nas unhas.

O óleo essencial de melaleuca, também conhecido como de “óleo de melaleuca”, é extraído das folhas e ramos de uma árvore popularmente conhecida como “árvore de chá”, originária da Austrália. De acordo com relatos, de que a melaleuca era usada pela tribo de aborígenes Bundjalung, que aproveitavam o macerado da planta para alívio de dores, assim como se banhava no lago em que suas folhas caíam, para relaxamento (um banho terapêutico). Hoje a melaleuca é cultivada na Ásia, Europa e América do Sul, em áreas pantanosas.

Os principais benefícios incluem:

Desinfetar feridas

Tendo propriedade bactericida o óleo de melaleuca é bastante usado e bastante eficaz na eliminação de bactérias como E. coli, S. pneumoniae, H. influenzae, S. aureus ou outras bactérias que podem causar infecções através de feridas abertas, além de acelerar a cicatrização e reduzir a inflamação local.

Como usar:

Misture uma gota do óleo essencial de melaleuca com uma colher de sopa de óleo de castanha do brasil “castanha do pará” e aplique na ferida. Pode-se repetir este procedimento uma a duas vezes por dia até a completa cicatrização.

Tratar a acne

O óleo essencial de melaleuca, reduz a acne devido às suas propriedades anti-inflamatórias e sua capacidade de inibir o crescimento de bactérias, como a Propionibacterium acnes, a bactéria causadora da acne.

Como usar:

Use um gel de base neutra ou um fluído com melaleuca na composição. Outra opção é misturar 1 ml de óleo de melaleuca em 9 ml de água e aplicar a mistura nas regiões afetadas, duas vezes ao dia. Uma terceira via para potencializar o tratamento, é misturar com óleo resina de copaíba, excelente óleo natural para a mesma finalidade.

Tratar fungos nas unhas

Devido às suas propriedades fungicidas, o óleo de melaleuca ajuda a tratar a micose nas unhas, podendo ser usado sozinho ou em combinação com outros remédios.

Como usar:

Misturar 2 ou 3 gotas do óleo de melaleuca em um óleo vegetal como o óleo de amêndoas ou de coco e aplicar nas unhas afetadas.

Tratar caspa

O óleo de melaleuca é bastante eficaz e reconhecido no tratamento da caspa, melhorando a aparência do couro cabeludo, reduzindo ou eliminando a coceira.

Como usar:

Adicione umas gotas do óleo a um shampoo regular e utilize diariamente até eliminar a caspa. Outra opção é comprar um shampoo de base neutra para criar sua formulação com óleo de melaleuca, alecrim entre outros para melhorar a saúde do cabelo.

Repelente de insetos

Pode ser usado como repelente de insetos, sendo ainda mais eficaz que produtos de farmácia com DEET na sua composição. Ajuda a prevenir e eliminar a infestação por piolhos, além de aliviar a coceira provocada por estes parasitas. Para melhorar ainda mais seu efeito repelente, utiliza óleo vegetal de andiroba, um excelente repelente natural também.

Como usar:

Para afastar insetos pode-se fazer uma mistura de óleo de melaleuca com outros óleos essenciais, como lavanda ou citronela e diluir em óleo de andiroba. No caso de piolhos, adicione 15 a 20 gotas de óleo de melaleuca no shampoo e massageie com as pontas dos dedos no couro cabeludo.

Tratar pé de atleta

O pé de atleta é uma micose difícil de tratar, mesmo com o uso de medicamentos antifúngicos. Pode-se complementar o tratamento com óleo de melaleuca para melhorar os resultados e encurtar o tratamento. Além disso, reduz os sintomas da infecção, como coceira e inflamação.

Como usar:

Misturar meia xícara de chá de bicarbonato de sódio e adicionar 25 gotas de óleo de melaleuca. Esta mistura pode ser aplicada uma a duas vezes ao dia.

Prevenir o mau hálito

O óleo de melaleuca ajuda a combater os microorganismos que provocam as cáries e o mau hálito, devido às suas propriedades antissépticas e antibacterianas.

Como usar:

Basta juntar uma gota de óleo de melaleuca em uma xícara de água morna, misturar e bochechar por cerca de 30 segundos.

Tratamento de infecções genitais

O óleo essencial de melaleuca, pode ser utilizado no auxílio e tratamento de infecções genitais, como a candidíase, a vaginose bacteriana ou a tricomoníase, devido suas propriedades antimicrobianas, contribuindo para aliviar os sintomas e acelerar a recuperação. 

Como usar:

Diluir com óleo vegetal, como o óleo de amêndoas, por exemplo, e após, aplicar sobre a região genital.

Melhorar o Sistema Imunológico

Devido às suas propriedades, o óleo de melaleuca fortalece a imunidade. É indicado para herpes comum ou surto de infecção viral. O óleo de melaleuca funciona também como revigorante, para quem se encontre com baixa imunidade

Como usar:

Adicionar algumas gotas na água quente e respirar, ou colocar em um lencinho de papel e respirar profundamente.

Problemas Respiratórios e Gripes

O óleo é analgésico, antibacteriano, antisséptico, antiviral e expectorante. Para potencializar seu efeito, misture também com o óleo essencial de hortelã e eucalipto, que possuem funções semelhantes.

Como usar:

Adicionar umas gotas na água quente e respirar, ou colocar umas gotas em um lencinho de papel e respirar profundamente. Outra forma é separar uma quantidade de óleo vegetal e misturar 2 gotas do óleo essencial, passar no peito e nas costas com massagens.

Para Aliviar Dores

Princípios ativos encontrados no óleo de melaleuca aliviam dores musculares. As propriedades anti-inflamatórias são ótimas para tratar dores pós-treino, além de estimular o fluxo sanguíneo para a área específica, tendo como resultado uma cicatrização acelerada e aumento da taxa de novos tecidos através do crescimento celular.

Como usar:

Uma colher de sopa de óleo vegetal (castanha do brasil “castanha do pará”, copaíba, andiroba) e 3 gotas de óleo essencial de melaleuca, massageando bem no local da dor.

Para limpar a casa e acabar com mofo

As propriedades antibacterianas e antissépticas são as principais características que o tornam uma solução na luta contra o mofo ou bolor, causado pela proliferação de fungos.

Como usar:

Adicione algumas gotas de óleo com água dentro de um borrifador. Agite bem e aplique sobre as superfícies com mofo ou bolor. Após aplicar sobre a área, deixe o produto agir. Para a limpeza da casa, separe uma quantidade de água que é utilizada para essa finalidade e em seguida, adicione algumas gotinhas do óleo. Essa solução é excelente para lavar balcões, pias, fornos, ou áreas de animais.

O óleo essencial ou óleo vegetal

O óleo essencial de melaleuca é uma mistura complexa de mais de 100 componentes, sendo basicamente hidrocarbonetos chamados terpenos e álcoois destilados. Sua obtenção é por meio da destilação a vapor, um processo físico no qual diversas partes da planta são submetidas ao vapor d’água, que ao entrar em contato com o vegetal penetra na biomassa, obtendo o óleo contido no interior dos vegetais, além de outros componentes voláteis aromáticos e bioativos, como os hidrolatos. Após este processo, ao atingir o condensador, o vapor é resfriado, fazendo com que o óleo essencial e os hidrolatos passem do estado vapor para o líquido. Por fim, a separação deles por densidades.

O óleo de melaleuca possui atividade antimicrobiana de amplo espectro, onde atua sobre danos nas membranas das células. Alguns estudos clínicos revelam que o óleo essencial de melaleuca se mostrou eficaz diante de doenças superficiais, incluindo acne, candidíase oral, comumente chamada de sapinho, assim como micoses nas unhas, entre diversas outras.

O terpinen-4-ol, é o componente responsável pela propriedade antisséptica, chegando a compor de 30% a 40% do óleo. Quando comparado com outros agentes terapêuticos, tais como o fenol, apresentou eficiência superior, comprovando que a utilização de matérias-primas naturais, apresentam melhor desempenho que os sintéticos, muitas vezes prejudiciais à saúde e ao meio ambiente.

Pode ser ingerido? Quando não se deve usar?

O óleo de melaleuca só pode ser usado externamente, e nunca ingerido, sendo muitas vezes tóxico por via oral. Quando usado na pele, deve ser diluído, principalmente em pessoas com pele sensível, para evitar irritação da pele. Indicado testar em pequena área da pele para verificar se há alguma reação adversa.

Agora que conhece os inúmeros benefícios do Óleo Essencial de Melaleuca, não perca a chance de ter o seu. Compre aqui o seu (clique aqui).

 

Palavras-Chave do Produto: Oleo Melaleuca, Óleo Melaleuca, Oleo Essencial Melaleuca, Óleo Essencial Melaleuca

0 Comments

There are no comments yet. Be the first one to post one!

Leave a comment

Please note, comments must be approved before they are published.