Ir para o conteúdo

Óleo de copaíba - para que serve

Óleo de copaíba: para que serve, como usar, seus benefícios e efeitos colaterais.

O que é óleo de copaíba

O óleo de copaíba, bálsamo de copaíba, óleo resina de copaíba, comumente chamado de óleo vegetal de copaíba, é um produto resinoso extraído do tronco da copaibeira, uma árvore da espécie Copaifera Officinalis, que apresenta propriedades anti-inflamatórias, cicatrizante, analgésicas e expectorantes, sendo bastante indicado para a cicatrização de feridas na pele, para tosse ou para aliviar os sintomas como artrite. O oleo de copaiba também é muito utilizado em loções, shampoo anti-caspa, produtos para cuidado oral e acne, sabonetes e produtos para higiene íntima.

O que são óleos vegetais

Os óleos vegetais, conhecidos como óleos carreadores, são gorduras vegetais extraídas de plantas, sementes, frutos e troncos. Apresentam um alto poder de hidratação e nutrição para a pele e cabelo, sendo ideais para utilizar puros ou como veículo de diluição dos óleos essenciais.

Quais os benefícios e malefícios do óleo de copaíba

Benefícios do óleo de copaíba:
  • Hidrata
  • Possui propriedade antibacteriana, anti-inflamatória e emoliente
  • Limpa a pele (ideal para utilização como Cleansing Oil, Demaquilante)
  • Reduz manchas e marcas
  • Trata e previne estrias e celulite
  • Fortalece e hidrata o cabelo
  • Combate caspa
  • Alivia dores musculares
  • Ativa a circulação sanguínea
  • Possui efeito expectorante (tosse e bronquite)
  • Possui efeito diurético
  • Cicatrizante e desinfectante
  • Gripes e resfriados;
  • Trata diarreia
  • Trata infecção nos rins ou uretra
  • Trata cistite
  • Trata problemas de pele como psoríase ou eczema
  • Trata gastrite
  • Infecção por helicobacter pylori
  • Trata úlceras gastrointestinais
  • Combate micoses de pele
  • Combate urticária
  • Combate hemorroida
  • Reduz efeito da artrite reumatoide
  • Reduz efeito da tendinite

O óleo de copaíba também pode ser utilizado para combater infecções que podem ser transmitidas por via sexual, principalmente a herpes genital e a sífilis.

Além disso, alguns estudos indicam também que o óleo de copaíba apresenta propriedades que têm demonstrado serem eficazes para auxiliar no tratamento de diferentes tipos de câncer e da tuberculose.

Não perca a chance de já ter o seu óleo: compre aqui.

Como usar o óleo de copaíba

Como usar o óleo de copaíba na pele?

Conhecido por seu potencial clareador de manchas e marcas da pele, além de ser um ótimo aliado para redução das cicatrizes, estrias e celulites. O óleo também assume propriedades e ações como limpeza profunda da pele, combate de acne e excesso de oleosidade. 
Para alívio de dores musculares e tensões, basta uma massagem relaxante. Mas vamos lá com algumas dicas de como incorporar o óleo de copaíba na sua rotina de skincare:

Cleansing oil: 

Ideal para limpar a pele e retirar sua oleosidade. Uma ótima combinação com óleos de rícino, castanha do brasil, semente de uva, alecrim ou lavanda. Basta aplicar a mistura no rosto com o auxílio das mãos, fazendo sempre movimentos suaves e circulares. Passe uma toalha embebida em água morna para retirar as impurezas e, então, lave o rosto.

Para o banho: 

Para potencializar a hidratação do óleo de copaíba, aplique um pouco de óleo no corpo logo que sair do chuveiro, mas não enxágue. Basta um pouco para hidratar seu corpo por completo.

No creme: 

Aplique algumas gotas do produto em hidratante neutro para potencializar o efeito. Passe nas áreas desejadas fazendo massagem delicada e em movimentos circulares. Como hidratação e protetor solar, utilize durante o dia ou como creme antissinais, à noite.

Massagem:

Pode ser utilizado para facilitar os movimentos da massagem, ativando a circulação e aliviando dores e tensões do corpo. Uma ótima pedida para um dia estressante. Utilize um óleo de lavanda para potencializar o efeito relaxante.

Como usar óleo de copaíba no cabelo:

Pode ser aplicado tanto no couro cabeludo quanto nos fios para potencializar os cuidados e promover a beleza dos fios, ideal no combate a queda (como alopecia), na hidratação, além de dar brilho, revitalizar e auxiliar no tratamento da caspa. 

Umectação/hidratação: 

Aplique o óleo de copaíba no couro cabeludo, massageando bem e estendendo-o ao longo de todo o fio. Deixe agir por duas horas, lave com shampoo e finalize como preferir.

Leave-in: 

Aplique uma pequena quantidade do produto nas palmas das mãos e friccione-as. Passe delicadamente nos cabelos, em especial na região das pontas.

Máscara capilar: 

Adicione algumas gotas do produto no creme de tratamento de rotina para potencializar o efeito hidratante.

Anticaspa: 

Pingue 30 gotas de óleo essencial de melaleuca em 60 ml de óleo resina vegetal de copaíba. Misture bem e, antes do banho, aplique no couro cabeludo, massageie e deixe agir por 15 minutos. Logo após, é só enxaguar e lavar com shampoo.

Para inalação:

Aplicar 3 a 4 gotas do óleo essencial de copaíba no difusor ou vaporizador e inspirar o vapor, 1 vez ao dia, para ajudar a melhorar problemas respiratórios como asma ou bronquite;

Recomendações de uso e consumo

Massagem Corporal:

30 ml por uso 

Massagem Facial: 

05 ml por uso

Massagem Capilar:

05ml por uso.

Como é extraído o óleo de copaíba

O óleo resina de copaíba é extraído do tronco da árvore por meio de uma incisão, uma perfuração do tronco, sem a necessidade de corte da árvore,evitando-se assim o desmatamento. Desta forma, o óleo de copaíba é uma extração regenerativa da floresta.

Qual a aparência do óleo de copaíba

Possui coloração amarela até o marrom escuro, é viscoso e possui odor peculiar. 

Quais os cuidados para tomar com o óleo de copaíba

Produtos com propriedades medicinais devem ser utilizados conforme orientação médica ou de um fitoterapeuta. A maior indicação é testar o óleo em uma área pequena da pele ou do cabelo, para verificar seus efeitos. Caso note na pele ou cabelo, qualquer alteração ou incômodo, descontinue o uso. Desta forma, não substitui tratamento medicamentoso para doenças, podendo atuar apenas como complemento.

Contraindicações do óleo de copaíba

O óleo não é indicado para crianças, grávidas, mulheres em fase de amamentação e pessoas com problemas de estômago (como gastrite e úlcera). Não ingerir o óleo. Em caso de sensibilização procure orientação médica. 

Malefícios do óleo de copaíba

Existem alguns efeitos colaterais no uso e consumo do óleo de copaíba. O óleo é seguro para a maioria dos adultos quando consumido por via oral ou utilizado sobre a pele nas doses recomendadas. No entanto, há alguns malefícios do óleo de copaíba, quando consumido ou utilizado em quantidade excessiva, pode causar alguns efeitos colaterais que incluem dor de estômago, náuseas, vômitos, diarreia, tremor, insônia, vermelhidão ou coceira na pele.

Como conservar o óleo de copaíba

Conservar em local fresco, seco e protegido da luz solar direta.

Qual o nome científico da copaíba

Nome Científico: Copaifera Officinalis

Qual a composição química do óleo de copaíba

Porção resinosa (55-60%): possui ácido copaíbico, ésteres e resinóides.

Parte volátil da resina (40-55%): produz óleo essencial que contém beta-cariofileno, alfa-humuleno, beta-bisaboleno e sesquiterpenos.

Óleos voláteis: alfa e beta-cariofileno, beta-bisaboleno, L-cadineno, alfacopaeno. 

Resinas vegetais: oleoresinas diterpenóides ácido-eperu-8(20)-eno-15, 18 dicarboxílico, ácido 16 beta-kaureno19-carboxílico, ácido copaífero, ácido hardwickiico, ácido copálico.

Como é extraído o óleo de copaíba

A extração do óleo é feita com um trado, ferramenta parecida com um grande parafuso de ferro, com o qual é feito um pequeno buraco no tronco da árvore, por onde escorre o óleo. Concluída a coleta, tampa-se bem o buraco e a árvore deverá descansar no mínimo 3 anos antes da próxima extração. Cada árvore rende aproximadamente 55 litros.

Parte utilizada

Tronco da árvore, através da extração de sua resina.

Onde é encontrada a árvore copaibeira

A copaibeira é encontrada em todos os trópicos, com maior incidência no Brasil, tendo uma distribuição de 16 espécies. Atinge cerca de 36 metros de altura, 140 centímetros de diâmetro.

Qual a história da copaíba, a origem da copaíba

A Copaíba, ou reconhecida como Copaibeira, chamada de copaíva ou copahu pelos indígenas (do tupi: Kupa'iwa e Kupa'u) é uma árvore de porte grande da família Leguminosae encontrada em todo o Brasil. 

Desde sempre, o óleo da copaíba é bastante utilizado entre os índios brasileiros, inclusive quando os portugueses chegaram ao Brasil. Há histórias que indicam que o uso do óleo, veio da observação comportamental de animais, quando feridos, esfregavam-se nos troncos das copaibeiras. Os índios o utilizavam como cicatrizante e no umbigo de recém-nascidos para evitar o mal-dos-sete-dias. Os guerreiros, quando voltavam de suas lutas, untavam-se com óleo da copaíba e se deitavam sobre esteiras suspensas e aquecidas para curar ferimentos.

O óleo de copaíba já constava em 1677 da farmacopéia britânica e em 1820 da farmacopéia americana. Seu uso tão difundido o torna o remédio mais usado e conhecido pelas populações mais pobres dessa imensa região, como diurético, laxativo, antitetânico, antiblenorrágico, anti-reumático, anti-séptico do aparelho urinário, anti inflamatório, anti tussígeno, cicatrizante e remédio para o combate ao câncer. O que era uma droga indígena no passado é hoje um fitoterápico que pode ser encontrado em qualquer farmácia natural e de manipulação do país.

 

Palavras-Chave do Produto: Oleo Copaiba, Óleo Copaíba, Óleo Resina Vegetal Copaíba

0 Comentários

Ainda não existem comentários. Seja o primeiro a comentar!

Deixe um comentário

Comentários seguem para aprovação antes de serem publicados.